Quinta-feira, 29.04.10

Não quero chorar mais...

“Aqueles que merecem as tuas lágrimas são os que nunca te fariam chorar.”


In "O dia em que te esqueci" de Margarida Rebelo Pinto

 

Um destes dias, sem ter muito para fazer, estava eu no mundo fantástico do Facebook, e resolvi clicar naqueles aplicativos que não servem para mais nada a não ser matar o tempo vazio.

 

Cliquei no aplicativo das frases da Margarida Rebelo Pinto e saiu-me na rifa esta frase citação.

Eu não diria melhor.... chega de chorar por quem não merece....

 

Nunca foi uma escritora que merecesse a minha atenção, apesar de gostar bastante de ler, no entanto um dia destes andava eu às compras num dos nossos hiperes e vi este livro que me chamou à atenção e resolvi levar para casa.

 

A determinada altura pensei que estaria a delirar, pois fiquei sem saber onde terminava a história do livro e começava a minha.

 

Por muito que eu queira ainda não cheguei ao dia em que te esqueci... mas quero e anseio muito chegar a esse dia!

 

Talvez nunca chegue a esquecer-te, mas o dia em que a tua existência para mim for algo comum para mim já me basta.

 

Não vou chorar, não vou chorar, não vou chorar....

 

E não posso acreditar que a pessoa que agora me está a aparecer é o meu grande amor, porque se não cairei no mesmo erro.

publicado por Sonhos Trocados às 22:09 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Domingo, 25.04.10

Compromisso

Hoje que se comemora os 36 anos da Revolução dos Cravos – a Liberdade do Povo Português venho deixar algo sobre o Compromisso.

 

Não pretendo falar da liberdade que foi alcançada à 36 anos atrás pelos nossos antepassados, quero antes falar da dificuldade que hoje temos em comprometer-nos com alguma coisa…

 

Ontem à tarde numa conversa que tive com uma amiga pelo MSN, além de matar saudades falamos sobre a dificuldade que há em estabelecer compromissos. Fiquei a reflectir sobre o assunto, e dei-me conta que é algo que realmente cada vez mais assusta as pessoas.

Antes de mais quero deixar a definição de Compromisso que encontrei na Winkipédia:

“Compromisso s. m.: é a forma, pública ou não, de voluntariamente se vincular ou assumir uma obrigação com alguém, com algum objecto ou causa. Há diversos tipos de compromissos: compromisso religioso, compromisso amoroso, compromisso de negócio, etc. Ter um compromisso, é marcar uma data, reunião, ter uma ligação, acordo firmado.”

 

Quando falo aqui em compromisso falo nos compromissos que estabelecemos com os outros simplesmente, de amor de amizade de partilha.

Apesar de ainda não ter chegado aos meus trinta anos acho que estou a ficar velha, pois na minha adolescência ainda se pedia namoro às pessoas. As gerações de hoje já não namoram, “curtem”, “andam” ou simplesmente têm “amizades coloridas”. E com o passar da idade há as ditas “relações abertas”.

De uma forma muito simples as pessoas querem ter alguém ao lado delas, mas só de vez em quando, tipo quando eu chego a uma loja e compro uns sapatos novos, não por precisar, mas por capricho simplesmente e levo para casa, no entanto acabam por ficar trancados na caixa. E lá de vez em quando eu me lembro dos benditos e calço-os e mostro a toda a gente.

Há uns meses atrás fui pedida em namoro, espantem-se, é verdade!

Eu também não queria acreditar!

Não cai para o chão, porque estava bem sentada. Mas fiquei sem saber o que responder. Primeiro porque achava que essas coisas já não se faziam, depois porque realmente fui apanhada de surpresa e terceiro porque ainda me ando a recompor do que começou por ser uma “amizade colorida” e acabou como um amor louco e desmedido.

Partilhei este acontecimento com a minha Mãe, uma senhora da década de 40, que apesar dos seus sessenta e muitos anos tem uma mentalidade espectacular e é simplesmente a minha melhor amiga. Querem saber qual a reacção dela?

(Com ar de brincadeira e sorrindo, pergunta em tom de gozo)

“- Mas as pessoas ainda se pedem em namoro? Hoje em dia as pessoas não “andam”, “curtem” ou têm “amizades coloridas”?”

Pois, hoje em dia já ninguém faz estas coisas…

Será que os miúdos ainda escrevem aqueles bilhetinhos “Queres namorar comigo? Sim ___  Não___

Não crio que isso aconteça, eles devem escrever sms e mails de tal forma encriptados, que qualquer adulto com mais de 25 anos não consegue decifrar (pelo menos eu não consigo decifrar nadinha…).

Qual histórias de príncipes e princesas, qual pedido de namoro, quanto mais de noivado ou casamento… esqueçam estas coisas. Pois hoje as pessoas saem, conhecem alguém, curtem e amanhã despedem-se muitas vezes sem sequer dizer bom dia, e se não por algum azar trocaram o número de telemóvel é melhor nem correr o risco de contactar.

Se as coisas se prolongam por mais uns dias, não é sinónimo de compromisso, é apenas sinal que as pessoas se “curtem”, e “tá-se bem” não venham com a história que namoram, porque estão redondamente enganados.

Há que haver liberdade entre os casais.

Tipo: hoje apetece-me estar contigo, sair para jantar, ir para a noite e vamos dormir em casa de quem? Na minha ou na tua?

E lá se vai cumprindo o ritual… mas se por acaso chegamos a casa da outra pessoa e encontramos algum objecto que nos é estranhos, perguntamos:

“- Isto não é meu? Quem esteve aqui?”

Há os hipócritas que inventam uma desculpa e há os sinceros que dizem:

“- Eu sempre te disse que queria uma “relação aberta”, por isso nada de stress.”

Agora pergunto eu?

O que é melhor, ficar na ignorância ou saber?

Pois não sei mesmo… depois de tudo o que já passei não vos sei realmente dizer como reagir a descompromissos.

Às vezes penso que o melhor mesmo é viver simplesmente sem compromissos, para não sofrer desilusões, surpresas ou perdas. No entanto a minha costela romântica apela para a minha crença em compromissos.

Tenho-me deparado com muitos casais que depois de terem um relacionamento de algum tempo e partilharem uma vida, muitas vezes com filhos, decidem que descomprometerem-se é o melhor a fazer. Até ai tudo bem, nada contra, se as pessoas não são felizes uma com a outra devem encontrar a felicidade. No entanto após a separação continuam a sair, tal como dois namorados e dizem que se entendem melhor assim, cada um com a sua vida, cada um com a sua casa, com tudo separado e sem compromissos.

E eu?

Eu sinceramente gostaria de me comprometer, compromisso, esse para a vida com tudo o que tenho direito.

Neste momento o compromisso que tenho é simplesmente ser FELIZ e VIVER!

 

 

 

publicado por Sonhos Trocados às 19:22 | link do post | comentar | ver comentários (6)
Sexta-feira, 23.04.10

Estreia

 

Crianças Geopoliticas Assistindo ao Nascimento do Novo Homem - 1943

 

 

Bem isto é a minha estreia absoluta... quer dizer quase estreia...

 

Já por algumas vezes tinha tentado criar um Blog, mas ficava-me apenas pela criação, pois a manutenção ficava pelo caminho, talvez por estar demasiado habituada a escrever com a minha bela caneta preta e no meu papel (qualquer papelito serve, até um guardanapo). No entanto ultimamente tenho magicado a criação de um Blog onde eu pudesse escrever o que me apetecesse, sobre os temas que bem entender, simplesmente para partilhar com mundo e meio o que me vai na cabeça.

Isto surgiu mais, devido a um amigo (meio lunático e ambientalista) me ter “melgado” por saber que gosto de escrever e por estar com tempo disponível para tal. Segundo ele criar um Blog e partilhar alguns dos meus medos e ideias poderia ajudar-me a encontrar pessoas com vivencias semelhantes.

 

O segundo factor foi devido a uma conversa que tive com esse mesmo amigo sobre a teoria da paixão relacionada com os odores. No decorrer dessa conversa descobri um Blog do qual fiquei fã, o Blog das “Teorias da Costa” (http://teoriasdacosta.blogs.sapo.pt/) sobre este tema – “O cheiro - teorias do National Geographic aplicadas às relações humanas” http://teoriasdacosta.blogs.sapo.pt/16612.html.

Entretanto li mais posts desta Blogonauta da qual fiquei fã, e lá me deu a motivação que precisava para pertencer a este mundo dos Blogs.

 

Espero que este Blog sirva para alguma coisa, pelo menos para os seus seguidores se rirem um pouco com as baboseiras desta lunática.

Conto também com a vossa ajuda para “alimentar” este caderninho com temas do vosso interesse.

publicado por Sonhos Trocados às 17:26 | link do post | comentar | ver comentários (2)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Abril 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
30

posts recentes

comentários recentes

Posts mais comentados

arquivos

tags

subscrever feeds

blogs SAPO